Tuesday, 11 May 2010

a moda e a política no Reino Unido

Eu sei que muitas vezes venho com estórias que não devem interessar a ninguém. É o meu lado "imaginary British" que assola, e falo sobre assuntos que não são relevantes e não mudam a vida de ninguém. Mas tenho que comentar sobre as eleições no Reino Unido e meus pensamentos a respeito. E, pra não dizer que não falei sobre moda, coloco fotos de modelitos usados pelo novo Primeiro Ministro, David Cameron, a nova "First Wife" britânica, Samantha Cameron, e seus filhos, antes de serem a "Primeira Família" britânica.


David e Samantha Cameron com seus filhos -
seu filho mais à esquerda, Ivan, tinha uma doença degenerativa e morreu no ano passado


É difícil falar sobre política em um blog de moda. São duas coisas que, na imensa maioria das vezes, não tem nada a ver. Mas acho que, já que vivo por aqui, vale a pena contar sobre coisas que 'mudam o mundo'. Que nem o momento em que Obama foi eleito. E esta é a primeira eleição na qual o Reino Unido tem um "hung parliament" desde 1970 - e, se os Liberal Democrats se aliarem aos Conservatives, será o primeiro governo de coalizão do Reino Unido desde a 2° Guerra Mundial. Ou seja, é um big deal.

A gente (Brasil) não sofre tanta influência da Inglaterra no nosso dia-a-dia (pelo menos não tanto quanto os EUA). Mas o Reino Unido é, junto com os Estados Unidos, um dos países que comandam a direção do mundo. Então saber se eles estão indo pelo caminho certo nos afeta, mesmo que indiretamente.


Gordon Brown, Primeiro Ministro até hoje de manhã, se despedindo do n.10 em Downing Street
- junto com Sarah, sua esposa, e seus filhos (adorei o vestido, as jóias e os sapatos dela!)


Gordon Brown pediu demissão como líder do Labour hoje pela manhã, e hoje pela manhã foi até à Rainha pedir sua demissão como primeiro-ministro. Seu discurso foi SUPER emocionado, e achei extremamente gracioso de sua parte dizer que ele saía porque a nação não o quer mais no poder (dadas as votações). Vale ressaltar que ele poderia ficar como líder do Labour e tentar uma aliança com os Liberal Democrats. E, mesmo não conseguindo essa aliança, ele poderia ficar como o líder da oposição. Ou seja, ato nobre e ético de sua parte - coisa que me deixa feliz e triste ao mesmo tempo, porque é lindo de ver mas raro de acontecer em terras brasileiras....


David Cameron aceita o pedido da Rainha para que seja Primeiro Ministro - 
sim, essa foto é de 15 minutos atrás!! Adventos da tecnologia...


David Cameron, então, foi chamado pela Rainha para que ele forme um governo de coalizão. Agora, se ele realmente vai conseguir convencer os Liberal Democrats são outros quinhentos... Isso ainda não está definido mas, de toda forma, Cameron já é o Primeiro Ministro - ele poderá ter um governo de coalizão ou de minoria (se não fizer alianças). Cameron rumou do Palácio de Buckingham direto para Downing Street, onde fez um discurso - não tão emocional quanto o de Brown - e entrou na casa número 10 (sede do governo e casa do Primeiro Ministro).


David e Samantha Cameron à porta do governo - ainda (?!? só tem 5 minutos que aconteceu isso!) não achei uma foto de corpo inteiro, mas o vestido dela está divino!


Não sei se é porque sempre amei política e estudei isso, mas me emocionou demais essa eleição. Os três políticos (David Cameron, Gordon Brown e Nick Clegg) sempre me pareceram engajados em seus ideais, extremamente éticos e com aquele brilho nos olhos, aquela vontade de fazer algo de bom pelo país em que vivem. Posso ser maluca ou inocente, mas acho que é a desilusão completa com o estado da politica no nosso país que me deixa embasbacada com a forma como ela é conduzida em outros lugares, com responsabilidade e com foco no bem maior. Ainda tenho esperanças que nosso país possa ser assim; que nós cidadãos tenhamos consciência e que os políticos sejam servidores fiéis a sua nação.


David e Samantha nas bodas de diamante da Rainha


Vocês viram que hoje tá brabo - tô emocionada mesmo, tô atirando pra todos os lados meus pensamentos políticos! Mas chega de política e vamos à moda!

Samantha Cameron - pasmem - é chefe de criação da Smythson já há mais de uma década. Ela cria bolsas, pastas, carteiras, além de diversos outros produtos em couro (cada um mais lindo que o outro), e não largou seu trabalho para seguir o marido na trilha política (também admirável).




Samantha é um style icon para quem gosta de roupas atemporais e precisa trabalhar diariamente. Estando ao lado de um marido político e trabalhando para uma das empresas mais tradicionais do Reino Unido, ela sabe que não é adotando um estilo à lá Rihanna que ela vai conquistar seu lugar (e a nação). Do alto de seus 39 anos, ela sabe se vestir quando está grávida ou não, quando vai trabalhar ou não, e quando está ao lado do marido ou não.










as várias escolhas de Samantha nos últimos anos


E mais: ela não é daquelas que confia num armário cheio de designer goodies. Ela gosta de usar roupas acessíveis da high street - e já até disse que gosta de "estilizar" o marido em algo que não seja ternos.




você advinharia que eles vestem GAP, Uniqlo e Zara?


Novos, bonitos, estilosos e acessíveis. Ou seja, tem tudo pra dar errado! Hahahahaha! Mas sério: ela não tem chances de ser a nova Carla Bruni / Michelle Obama no quesito fashionista?


Samantha na capa da Harper's Bazaar - edição de 2007


Agora, dá uma olhadinha nas coisas que ela faz no trabalho... Não dá vontade de ter todas?


cartões e envelopes desenhados por Giles Deacon, bolsas, embalagens da marca, 
estojos de beleza e de jóias - tudo sob os olhares de Sam para a Smythson


Uma coisa a gente pode afirmar: a moça é, além de estilosa, extremamente talentosa no que faz. Agora é esperar saber se seu marido tem um talento à altura.

P.S.: desculpem pelos posts altamente politizados dos últimos dias. Prometo que volto ao meu lado mais fashionista amanhã.

1 comentários - Comente aqui!:

Vívian Galindo said...

Acho supere interessante esse tipo de post!

Beijo grande

 
BlogBlogs.Com.Br